quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Sobre assalto, Dentista, Hazel Grace e outros medos.



Começou assim rapidinho: num instante eu estava sentada lendo "A culpa é das estrelas" e no outro estava ajoelhada rezando para não morrer. Isso foi ontem, logo após responder alguns comentários de vocês aqui no blog, no consultório odontológico da minha dentista Karen Hepper. Vocês devem estar se perguntando: porque moleques entre 16 e 20 anos estariam assaltando um consultório odontológico? eu sei lá. Também queria saber. Já me intriga o fato de um deles ter o aparelho rosa fluorescente (unica coisa que eu enxerguei no momento).
Sei que deixei meu celular cair no chão e um deles acabou pegando: minhas fotos, videos do meu sobrinho falando seus primeiros gugu-dada, minhas músicas dos beatles, beijos do meu namorado, frases de livros que eu gosto, enfim. Tudo isso naquele mísero celular cor-de-rosa. Por instantes pensei: será que vão levar minha bolsa com meu livro dentro? e depois pensei: Será que vão me matar e eu nunca mais vou saber o final do meu livro?
Ai me senti como Hazel Grace(personagem do meu livro): prestes a morrer, ali, ajoelhada no consultório da dentista, sem nenhuma perspectiva de vida, como quem sofre de um câncer de pulmão, como Hazel Grace; E depois pensei: quantas coisas já deixei de fazer por medo de sofrer violência  quantas vezes subi uma rua a noite, para ir para a faculdade, com medo de sofrer um assalto? Enquanto ouvia minha dentista em desespero por que moleques ameaçavam matar o marido dela, pensava em quantas vezes tive medo que meu pai voltasse tarde para casa. Ficava imaginando todas as pessoas que levam seus filhos pequenos ao dentista e que poderiam, em algum lugar do mundo, estar ajoelhadas viradas para a parede em um consultório qualquer, presas por uma ameaça de aparelho cor-de-rosa.
Foi então que percebi que todos estavamos "salvos" mesmo estando mortos. Morremos no ataque as torres gemêas. Morremos pela mulher grávida que morreu num assalto a um carro. Morremos em Santa Maria, no domingo. Morremos ontem, no consultório da dentista. E pensei: não foi dessa vez que chegou a minha vez. Pode ser que um dia eu não possa vir aqui contar pra vocês o que aconteceu. Pode ser que um dia morreremos de verdade. 
Sei lá a moral desse texto. Não é pelo celular, já estava velho e vou comprar outro (apesar de ter trabalhado MUITO pra ter conseguido ele). É mais pela PAZ, que eu pedi ontem. A paz que eu vou pedir sempre.
Pois é amigos, sem celular. Mas não levaram minha carteira e graças a Deus, estou bem, na medida traumática do possível. Todos que estavam no consultório também estão bem, e se tiverem dicas de modelos de celulares baratos, com android, por favor me passem. 

28 comentários:

  1. É engraçado nos pegarmos com medo de subir uma rua à noite, quando podemos ser assaltados no trabalho... Acho que não tem hora, nem motivo, nem tem muito o que fazer.... Infelizmente. Mas você está bem (!!!) e agora é partir pra frente: se vc ficar pensando em tudo o que pode acontecer, não vai fazer mais nada, sabe? :D

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que horror!! Nem em um consultorio odontologico se tem segurança?????? Eu me pergunto onde é que vamos parar? Ja que a cada dia o mundo esta pior. Eu ainda tento ter esperança por dias melhores, mas sinceramente, sinto a sumir a cada dia que passa ;~

    Mas fica bem ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Caramba... eu sinto muito! nunca passei por isso, e espero não passar, mas imagino o desespero e o medo que você deve ter sentido naquele momento!
    Você tem razão quando diz que morremos com cada história trágica que ouvimos...E tudo que nós podemos desejar é exatamente o que vc queria gritar para o mundo ontem! PAZ!
    Fiquei chocada com a história, mas o susto já passou? espero que já esteja td certo! Boa sorte com o celular!! Tenho um LG dualchip, que só funciona um chip de cada vez... então não recomendo!rsrs

    Bjinhos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passou sim Ju. Tô um pouco desanimada hoje, mas o susto passou.

      Excluir
  4. Peço a Deus que isso nunca aconteça comigo! ://
    força flor!

    ResponderExcluir
  5. Noossa, que situação terrível, espero nunca passar por isso, deve ter sido horrível!

    Essa é a primeira vez que passo por aqui, e confesso que adorei!

    Grande Beijo, convido a você que tá lendo isso, para PARAR! Isso mesmo, vem dar uma Pausa, uma Pausa pra TPM. Vem conhecer meu blog, você não vai se arrepender! http://pausapratpm.blogspot.com.br Te espero lá! <3

    ResponderExcluir
  6. Sinto muito por isso ter acontecido com você, graças a Deus nada de mal aconteceu e levaram apenas o seu celular. Espero que você fique bem <3
    Recomendo os celulares Galaxy Y S5360, Galaxy Pocket e LG Optimus L3 são os mais baratos do mercado e com Android.

    Ficaria honrada com sua visita no meu blog, se gostar dele poderia seguir?
    http://oh-unicorns.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Bah, que tenso D: Mais do que tenso, deve ter sido horrível o tempo do fato ocorrido. Graças á Deus, nunca aconteceu isso comigo, de ser assaltada em qualquer lugar que passei ou fui, mas devo imaginar como é a sensação. Que bom que está tudo bem agora, e sobre o celular, tem Samsung com Android dual chip de quinhentos e pouco ;} rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa, quem não vive com esse medo, não é?
    Eu ainda acho que cada um tem seu momento, e é isso que me dá força para sair de casa todos os dias, viu?
    que bom que está tudo bem, uma situação dessa, quem pode prever, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu morro de medo de assaltos, já fui assaltada 2 vezes, passa tudo na cabeça e a pior é que fica uma voz gritando na sua cabeça, acho que é por isso que eu morro d emedo de sair na rua.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Respondendo a pergunta que você fez no meu blog: nunca comprei nessas lojas chinesas, não tento comprar roupa pela internet porque tenho braços longos e a chance de uma blusa ou camiseta de manga comprida ficar curta nos braços é enorme, é o mesmo medo que tenho com calsas. Compro todas minhas roupas em shopping rezando pra achar algo diferente!

    Deve ter sido horrivel sua experiencia! Morro de medo de uma coisa dessas acontecer com as pessoas próximas a mim, mas eu mesma nunca fui assaltada nem nada. Boa recuperação ):

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Nossa menina que situação terrível em, ainda bem que todos estão bem, adorei o seu texto e você ainda estava lendo o livro a culpa é das estrelas, acho que eu ficaria exatamente assim como você. E é verdade, todos nós morremos nessas situações horríveis e vai ter uma hora que a gente vai morrer de verdade né. :/
    E um celular bom com android que eu conheço é o Galaxy y acho que é esse rsrsrs
    Beijinhos
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que triste isso. Situação horrível, Mona. :/ Fico mal quando leio coisas assim...
    Nunca fui assaltada, graças a Deus, mas posso imaginar como deve ser. E porquê num consultório odontológico?
    De qualquer forma, pode parecer irônico falar isso (desculpa, não é a intenção!) mas me senti bem lendo seu texto. Você escreve de forma a contagiar. E fiquei muito feliz por você estar lendo a história da Hazel - porquê também é um pedacinho meu.
    E aliás... que bom que não chegou ainda a tua vez. Que ela demore muito! E por favor, que não seja na mão de alguém com um aparelho rosa.
    Mas isso tudo só me lembra que, afinal, tudo nos foge mesmo do controle. Confio em Deus, porquê nessas horas, só ele.

    E um celular bom, android e barato: Galaxy y, Galaxy ace..

    ResponderExcluir
  14. A princípio eu pensei que era um conto ou algo assim, só na medida que fui lendo é que vi que era uma história real..nossa, já fui assaltada e sei bem como é passar por isto, o susto é enorme.

    Tomara que você supere logo!

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  15. A princípio eu pensei que era um conto ou algo assim, só na medida que fui lendo é que vi que era uma história real..nossa, já fui assaltada e sei bem como é passar por isto, o susto é enorme.

    Tomara que você supere logo!

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  16. Que susto que deve ter sido! Mas felizmente nada a aconteceu e é isso o que importa, né? Vivemos com medo o tempo todo, quase em função dele, mas o jeito é aprender a lidar. Enquanto não mudamos isso temos é que torcer para que pivetes como esses não nos façam muito mal (não mais do que já fazem ao nos assaltar).
    Beijão :*

    ResponderExcluir
  17. eu fui poucas vezes assaltada, mas a pior foi quando colocaram a arma na cabeça de um amigo e pediram meu celular.
    quando eu dei ele ainda mandou eu nao dar D: pqp como eu nao ia dar ?
    mas pelo menos tudo acabou bem viu e que bom que vc está viva

    ResponderExcluir
  18. Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Uau, que barra hein..
    Nunca fui assaltada, graças à Deus!

    Burnny

    ResponderExcluir
  20. Que pena essa perda do celular. Bom minha irmã tem um android da LG, e não foi caro,mas não sei qual modelo.

    ResponderExcluir
  21. Fico imaginando o nervoso que você passou... Que bom que você (e os outros, imagino) ficou bem, afinal é isso o que importa (mesmo sem o celular rosa). Concordei com suas palavras, vivemos temendo, mas uma hora as coisas acontece mesmo, quer imaginemos quando ou não. Como aquela frase da Meg "O corajoso não vive para sempre, mas o cauteloso não vive plenamente".

    Beijos ♥ Jeito Único

    ResponderExcluir
  22. Nossa que coisa chata. Estava lendo e até me arrepiei. Deve ter sido uma situação muito difícil mesmo e é apenas mais uma de muitas que ainda irão acontecer...infelizmente! O nosso país está largado ás moscas em muitos setores e é preciso mudança já! Mas...não acontecem nunca. Vejo Renato Russo falando sobre questões sociais que precisavam ser melhoradas há anos atrás e ainda acontecem. Não tenho esperança de mudanças, sinceramente.Quer vergonha. E acredite: Daí para pior.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  23. Poxa que situação :( Mas que bom que você está bem agora.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Essas situações são péssimas em um nível extremo. Deve ser uma sensação horrível, tenho pânico de sair sozinha por isso. Nunca se sabe quando vai acontecer, não é? Mas ainda bem que eles só roubaram, pois hoje em dia a violência só aumenta... Acho triste as pessoas escolherem o crime como meio de sustento, seja qual for o tipo de crime, é realmente triste.
    Paz... A tão desejada paz. Mas ela é muito cara, pois não se compra, se conquista. Mas poucos realmente buscam por ela, é uma pena. Que venham dias melhores, chega de mortes (internas ou não). Deveríamos morrer de velhice, todos nós. Quem sabe um dia...

    Diva Pensante (perfil)

    ResponderExcluir
  25. Monamour.. fiquei sabendo pelo face.. nossa fiquei chocada, dentro do consultorio?? um absurdo.. em nenhum lugar temos mais segurança.. Mais enfim, graças a Deus não aconteceu nada.. Perder um celular novinho dóooi demais.. Mais dê graças a Deus por ter sua vida e não ter acontecido nadinha contigo!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  26. Wow, eu não sei nem o que dizer sobre isso, mas sua reflexão esta certa, nos morremos a cada segundo que coisas assim acontecem. Fico feliz por estar tudo bem com você, força!
    Capricornizando

    ResponderExcluir

Não gaste teclado: SE NÃO LEU, NÃO COMENTE. Também não tente me enganar: Eu percebo quando a pessoa não leu nada. (Aliás, tem gente que não lê nem isso aqui).