sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Chocada por culpa das estrelas (3/13)


Capa (maravilhosa)
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.
Comecei lendo esse livro somente porque gosto de John Green e tem "estrelas" no nome. E eu sou basicamente fissurada em estrelas, então. Sempre achei que a culpa fosse delas (das estrelas). Bom, achei que fosse MAIS um livro idiota de pessoas que morrem de câncer e fica todo mundo triste, quer dizer, triste pelo personagem e tals. Ai começando a ler percebi que a Hazel Grace era um personagem FASCINANTE, maravilhoso, incrível, o melhor que eu já vi. Nem sei se consigo transmitir o amor que tenho por ela. As piadas irônicas que fazia com a própria doença era, sem sombra de dúvidas, a coisa mais engraçada/divertida/quebra o gelo/super legal que eu já vi. Comecei gostando dela de inicio, e na pág 49 quando ela deixa a menininha usar a cânula eu tipo, amei ela. Foi incondicional. (prometo que essa vai ser a unica informação do livro que eu vou dar, pra quem não leu). É claro, a menos pelo fato dela não gostar de "V de vingança"  ¬¬.
Ai foi vindo o livro, apareceu o tal do Augustus, que eu achei clichê e chatinho de inicio, mas depois transformou-se no principe encantado menos encantado e mais maravilhoso que eu já vi na vida. Fiquei com o coração na boca em alguns momentos e teve horas que eu quase tive que parar a leitura porque tava me dando medo de acontecer QUALQUER coisa com os personagens, porque eu os amava demais.
Por fim, acabei chorando tanto que achei que ia me afogar. Tive que parar a leitura novamente porque estava num onibus e todo mundo tava olhando tipo: "essa menina fumo muitos" ): (ok, superado). Cara, lembrava a cada segundo de alguém que eu perdi com câncer, é claro que não vá pensando "AAAAA ESSA MENINA VAI MORRER E TD MUNDO CHORA SÓ ISSO" não! A historia vai se desenvolvendo, e quando menos se espera você tá chorando por causa de PIADAS que ela faz e você nem sabe o porquê de verdade está chorando. A Hazel e o Augustos mudaram TOTALMENTE minha forma de pensar nas pessoas doentes, ela é como a gente, com cilindro de oxigênio ou não. Ela vive sabe? é como se um "eu" desconhecido fosse meio Hazel, é maravilhoso.
Sinceramente eu não sei se vou me recuperar dessa leitura tão fácil. foi desgastante, por ter mexido TANTO com a minha vida pessoal, não só porque perdi alguém com câncer, mas porque também fui uma adolescente e também sei o que é AMAR incondicionalmente.
Informações adicionais:
- Me irritei no começo com a escrita, mas depois percebi que Hazel falava, ela era uma adolescente completa, com escrita de adolescente, e isso foi genial.
- Reflexões MARAVILHOSAS.
- Humor mais digno que eu já vi.

Por fim:

Avaliação

 (não vou dar seis prq não cabe)

3 melhores frases:

1.- "Beijar alguém para conseguir uma viagem de graça é algo perigosamente próximo da prostituição total e irrestrita, e devo confessar que, embora eu não me considerasse uma pessoa completamente angelical, nunca pensei que meu primeiro ato sexual seria prostitucional, portanto, fora de cogitação."
2.-"Estou apaixonado por você e não quero me negar ao simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você e sei que amor é um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável  e que estamos todos condenados no fim, e que haverá um dia que tudo o que fizemos voltara ao pó, e sei que o sol vai engolir a unica terra que podemos chamar de nossa, e eu ESTOU APAIXONADO POR VOCÊ."
3.- "Quando você chega em um hospital, a primeira coisa que fazem é pedir pra você dar uma nota pra sua dor, de um até dez. Uma vez, logo no inicio, não estava conseguindo respirar e meu pulmão pegava fogo, então uma enfermeira perguntou a nota da minha dor e eu mostrei nove dedos. Depois, a enfermeira voltou e acariciando minha mãe disse: "sabe como eu sei que você é guerreira? chamou um dez de nove".

Contracapa (ainda sem ilustrar personagens, portanto, maravilhosa)

39 comentários:

  1. Que resenha linda, eu tenho medo de ler esse livro e não parar de chorar. rs

    clicandolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. eu sou louca para ler esse livro, tá no topo da minha lista (literalmente, porque eu fiz uma lista na minha agenda )
    amei a resenha *------* e as frases *----------*

    garotapassageira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha e o último quote simplesmente me arrepiou. Terei que ler esse livro urgentemente. Lendo essa resenha me lembro porque eu comprava livros adoidada, como ler uma resenha assim e não querer ler "A Culpa é das Estrelas"?
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  4. Estou no desejo de ler esse livro desde o ano passado, mas ainda não consegui. Sempre acabo lendo outro e não sei o porquê não comecei ainda. Já li resenhas maravilhosas sobre o livro, inclusive a sua! Tenho que parar de inventar desculpas e ler logo.
    Beijinhos

    Hipérboles
    @hiperbolismos

    ResponderExcluir
  5. Amei amei sua resenha kk Quero muito ler esse livro depois disse, antes tinha um pouco de receio, por que pensava que era "um livro idiota de pessoas que morrem de câncer e fica todo mundo triste" como você disse hehe Mas sua resenha me fez ter muuuita vontade de ler. Adorei kk

    lovelyblogcarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Esse está na minha lista de livros para ler esse ano. Até hj não vi ninguém falar mal dele e, me conhecendo do jeito que conheço, vou manchar as páginas dele de lágrimas. Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Srt.! Nossa... Pensei exatamente que se tratava de um livro idiota que fala de pessoas que morrem de câncer!rsrs... Preconceito puro e confesso que um certo medo de ler.... Tenho trauma dessa doença pelo meu pai... Assim como vc lembrou de alguém tenho certeza que vou lembrar um pouco dele, apesar dele não ter passado pelas coisas básicas da doença... Será que eu consigo encarar? Pelo seu post fiquei bem interessada... Mas ainda preciso criar uma coraginha...rsrs...

    Bjinhos
    Ju

    ResponderExcluir
  8. Foi a melhor resenha que li, só que ao mesmo tempo que me impulsionou a querer ler me deixou receosa. Detesto coisas que podem me deixar mais melancólica e pensativa do que já sou. Mas de qualquer forma, é um livro lindo! Eu tinha um vizinho com câncer no pulmão, morreu jovem. Aprendi com ele a ver pessoas doentes de outro modo. Eu o admirava, sabe? Morreu jovem, mas soube viver mesmo com tantas crises que ele tinha. Bem, se eu me tornar mais corajosa no futuro vou ler esse livro! Realmente parece ser encantador... E depois de ler a última frase. haha Tem pessoas que são assim, não é? Verdadeiros anjos, guerreiros... Beijo flor.

    Diva Pensante (perfil)

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é puro amor! Foi uma das minhas melhores leituras de 2012 e eu sou grata a ele por ter me apresentado ao incrível universo do Sr. João Verde a.k.a. um dos caras mais sensacionais atualmente vivos neste planeta. <3

    Essa passagem é uma das minhas favoritas também:
    "Estou apaixonado por você e não quero me negar ao simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você e sei que amor é um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável e que estamos todos condenados no fim, e que haverá um dia que tudo o que fizemos voltara ao pó, e sei que o sol vai engolir a unica terra que podemos chamar de nossa, e eu ESTOU APAIXONADO POR VOCÊ."

    <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é mais que amor, como pode?? Eu sou apaixonada pela história, pelos personagens, pelas piadas, por tudo nele. Eu também me afoguei em lágrimas quando o li e foi bem difícil começar qualquer outro livro depois dele.
    Se eu fosse daquelas pessoas que sublinham alguma passagem que gostam no livro, eu sublinharia/marcava todo ele, porque ele é o tipo de livro que você (eu, pelo menos) se sente culpada por ler em qualquer lugar, de tão especial que ele é.
    John Green é muito amor!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. esse livro está na minha lista *-* espero um dia comprar e ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caramba o blog cortou o resto do meu comentário ¬¬ enfim
      eu acho que vou chorar horrores se for ler. sei lá, da até peninha de ler xp

      Excluir
  12. ACEDE é um assunto muito sensível pra mim. Nem consigo comentar o seu texto. Nem consigo dizer o que eu senti quando li esse livro. É absolutamente maravilhoso e eu amo muito o John Green por tê-lo escrito. Que bom que você soube apreciar essa oportunidade maravilhosa de conhecer o Gus e a Hazel.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Preciso ler esse livro, cara. Todo mundo fala tão bem dele!
    Mas, cara, achei que você não gostava desse tipo de livro, hahaha... Tipo, deduzi isso pelo seu comentário no post do filme "Now is good", lá no Sacudindo Palavras. Mas eu entendo, deve ter sido por sua perda irreparável. Sinto muito por isso, aliás. :/

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  14. não cheguei a ler o livro mas pela sua resenha e de outros blogs, vejo que esse filme é bem tipo "Inquietos", deve ser bem bacana e talvez eu leia um dia ;3!
    uma pena vc ja ter perdido alguém com câncer =/!

    ResponderExcluir
  15. Nossa, eu li o livro e achei incrível a história! Um dos melhores livros que li este ano (li 10 até agora). John Green entrou para a minha lista de autores favoritos. Agora eu quero ler tudo dele. Leria até a lista de compras dele, se eu pudesse. Hahaha.

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  16. Aiiii Adorooooo! Muitas pessoas estão falando muitoo bem desse livro e quero ler com certeza. Aliás...nunca vi uma pessoa falando mal dele. ADOROO.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  17. Eu não li o livro ainda, mas estou louca para lê-lo. Acabei de ganhá-lo de aniversário e estou me segurando para não devorá-lo. Antes disso preciso terminar de ler A Fúria dos Reis (da série Game of Thrones).

    ResponderExcluir
  18. antes de tudo: <33333333333333333333333333333333

    espera.

    de novo: ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    Já expressei todo meu amor?
    Na verdade não, mas vamos lá.

    Você leu!! Não é LINDO? Lindo do tipo maravilhoso fantástico e genial do jeito que só o John Green sabe ser?
    A resenha que fiz desse livro no meu blog ficou tão pessoal e tão.. minha. Esse livro é tão intenso! A gente sente a história dos dois.
    E o mais fantástico de tudo é que não é só uma história de câncer que vai fazer a gente chorar no final. É TÃO mais do que isso!
    Sei lá explicar.
    John é genial exatamente no jeito John de ser.
    Fim.

    <33333333
    (E se você tivesse dado menos do que cinco estrelas, te bateria virtualmente.)
    (Ok, brinks, mas você entendeu. <3)

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha, me deu vontade ainda mais de ler ;**

    ResponderExcluir
  20. Cara, é a primeira vez que eu sinto vontade REAL de ler esse livro! Eu também pensava igual a você, que era só mais um livro sobre pessoas com câncer que eu não estava muito disposta a ler, sabendo que iria ficar triste. Mas depois dos seus comentários (que já sei que são compatíveis com meus gostos, depois do post de A Cabana), fiquei interessada para ler, de verdade.
    Amei a linguagem do livro, pelas 3 frases que vc postou, sinto q vou gostar muito da Hazel também o.o Mais um livro pra lista!

    www.pixelexia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Vim agradecer sua linda visita e comentário ao meu blog :)

    ResponderExcluir
  22. Bom é uma meta de leitura pra esse ano, todas as minhas amigas que leram amaram, e dei ele de presente pro meu melhor amigo.
    Tenho certeza que vou amar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Impressionante... todo mundo acha que quem morre é ela. Hahaha. Normal. Passei pela mesma sensação, mas me acabei mesmo me surpreendendo... o difícil é migrar para uma próxima leitura, pois este enredo crava em nossa cabeça de uma forma bastante especial. Amei demais essa leitura. *-*

    Adorei a postagem!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Nossa, eu quero muuuito ler esse livro!! Vejo em todos os blogs quase, haha.

    Beijos.
    http://www.quaseatoa.com/

    ResponderExcluir
  25. Adorei a resenha, quero ler ele parece ser tão perfeito
    beijos

    ResponderExcluir
  26. Não conhecia o livro, mas ele pareceu ser muito interessante. Adorei as frases que você selecionou também, algumas frases realmente nos causam impactos.

    Baci!

    C.F.H.

    ResponderExcluir
  27. Eu quero-necessito-urgente ler esse livro!
    E dps da resenha sua, vou ficar louca se nao comprar esse livro essa semana!

    Beeeijao

    ResponderExcluir
  28. Céus, esse livro está me perseguindo, e bem quando eu achava que já tinha passado a "onda". Não me leve a mal, não tenho NADA mesmo contra ele; pelo contrário tenho muita vontade de ler. Por isso que estou achando que é o destino colocando ele no meu caminho de novo e de novo, para ver até onde minha vontade e minha força de vontade resistem. Na verdade, quero ler em inglês, porque prefiro ler no original, e tenho medo de me decepcionar com a expectativa que estou criando. Ainda assim, espero chorar bastante (~le eu masoquista).
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. As fotos que vc tirou do livro ficaram muito legais. Definitivamente vou passar logo este livro na frente de váaaarios outros.

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  30. Li coisas muito lindas à respeito desse livro! Estou louca para lê-lo!!! Adorei as frases que vc selecionou!!

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Esse livro é puro coração! :3

    ResponderExcluir
  32. Falam tão bem desse livro e esta na lista de todo mundo
    que tive que colcoar na minha também
    Ainda mais depois da sua resenha

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. Ei, que post lindo *-* Uma resenha tão pessoal e verdadeira, como poucas que vi. Adorei, espero poder ler o livro.

    ResponderExcluir
  34. Eu já fui gostando desse livro desde o início, não sou lá muito fã do título, mas isso fica sem importância diante do amor que é a estória. A parte em que ela deixa a garotinha usar a cânula é muuito fofa, gente, deu vontade de apertar as duas. <3
    Eu fui logo me apaixonando pelo Gus, que sou assim, e não resisto a um cara bem humorado-sem-ser-chato, e o melhor amigo dele também, que não me vem o nome em mente agora, gosto tanto dele!
    Também não sei como Hazel de Deus não gosta de V de Vingança, gente, mas ok, a relevemos.
    Emocionei-me bastante com o livro, e fiquei mesmo agoniada durante toda a leitura porque não é nada gostoso conviver com uns personagens e saber que daqui a algumas páginas algo de ruim vai acontecer com eles. E eu não tenho psicológico pra lidar com esse tipo de situação, meu deus. Beijo!

    ResponderExcluir
  35. Morro de vontade de ler ele ! :)

    ResponderExcluir
  36. Nooossa ta todo mundo falando muito muito bem desse livro, estou louca pra ler!


    http://simplesmenteassimj.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Que resenha linda *-*
    Ameeei esse livro ,achei perfeito.Fiquei completamente apaixonada por ele,por sua historia,por seus personagens ,e principalmente como John Green soube desenvolver a história.

    Capricornizando !

    ResponderExcluir

Não gaste teclado: SE NÃO LEU, NÃO COMENTE. Também não tente me enganar: Eu percebo quando a pessoa não leu nada. (Aliás, tem gente que não lê nem isso aqui).